Mas há outras formas de escolher a Vida ou a Morte. Podemos ter vida espiritual, e estar matando a vida psíquica ou física

Jesus disse:
“Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.” (João 8.44)

“O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; Eu vim para que tenham vida, e a  tenham com abundância.” (João 10.10)

Nosso inimigo é homicida, se não consegue matar nosso espírito, tentará matar-nos psíquica e fisicamente. Começa contaminando nosso psiquismo com maus pensamentos, termina alcançando nosso corpo.

Teremos que escolher o que queremos: Vida – Morte?
“ Não morrerei, mas viverei; e contarei as obras do SENHOR.” (Salmo 118.17)

Como?
Analisando cada pensamento, para verificar se procede de nós, de Deus ou do Diabo.

Necessitamos ter discernimento de espírito.

“Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas; anulando sofismas, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência de Cristo.

(2 Coríntios 10.4-5)

Os pensamentos vão se solidificando até formar verdadeiras fortalezas em nosso psiquismo, para mal ou para bem.
Os pensamentos geram sentimentos.
Os sentimentos geram Ações.

Club Mindset do Relacionamento – um espaço para a construção de Mindset, Auto Estima e Relacionamento.

Compartilhe!

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *